Dicas

Os eventos esportivos de setembro são uma ótima oportunidade para nos lembrar que sempre devemos mostrar respeito e empatia aos usuários com necessidades especiais. Atender as pessoas com uma atitude cordial e respeitosa é um comportamento bastante apreciado por todos os usuários.

 

 
 

Pessoas em cadeiras de rodas, muletas ou dificuldade de locomoção

DICAS: A maioria das cadeiras de rodas são dobráveis e cabem no porta-malas do carro mesmo com o seu kit Gás.

  • Seja amável e fique à disposição para ajudar o usuário a entrar e sair do veículo.

  1. Saia do carro e ofereça auxílio para o usuário. Caso o usuário recuse ajuda, não insista.

  2. Abra a porta do carro e o ajude a entrar no veículo. Lembre-se de ajudá-la e coloque o cinto de segurança.

  3. Coloque as muletas e cadeira de rodas no porta-malas.

  4. Confirme o endereço de destino do usuário.

  5. Ao chegar ao destino, primeiro saia do carro e retire a cadeira de rodas ou muletas do porta-malas.

  6. Em seguida abra a porta e ajude o usuário a sair.

  7. Deixe ele em um local seguro e se despeça.


Pessoas com deficiência auditiva

DICAS: A maioria das cadeiras de rodas são dobráveis e cabem no porta-malas do carro mesmo com o seu kit Gás.

  • Seja amável e fique à disposição para ajudar o usuário a entrar e sair do veículo.

  1. Saia do carro e ofereça auxílio para o usuário. Caso o usuário recuse ajuda, não insista.

  2. Abra a porta do carro e o ajude a entrar no veículo. Lembre-se de ajudá-la e coloque o cinto de segurança.

  3. Coloque as muletas e cadeira de rodas no porta-malas.

  4. Confirme o endereço de destino do usuáiro.

  5. Ao chegar ao destino, primeiro saia do carro e retire a cadeira de rodas ou muletas do porta-malas.

  6. Em seguida abra a porta e ajude o usuário a sair.

  7. Deixe ele em um local seguro e se despeça.


 
 

Pessoas com deficiência visual:

DICA: Fale com este usuário em um tom de voz mais alto e claro

  1. Ao chegar ao local de busca, saia do carro e confirme que este usuário solicitou o carro.

  2. Abra a porta e pergunte se ele precisa de auxílio para entrar no veículo.  

  3. Se ele aceitar, ajude-o com o que ele precisar. Caso o usuário recuse ajuda, não insista.

    • Se o usuário usar bengala, ajude-o pelo lado esquerdo e deixe ele te usar para identificar os obstáculos.

    • Se ele tiver um Cão Guia,  ajude-o pelo lado direito e ofereça seu braço ou ombro para ele se apoiar.

    • Coloque sua mão no teto e outra na porta para que ele identifique como entrar no carro.  O usuário entrará primeiro e depois seu cão.

    • Mostre onde está o cinto de segurança e pergunte se ele necessita de ajuda para colocá-lo.

  4. Confirme o endereço do destino.

  5. Ao chegar ao destino, saia do carro, abra a porta e ajude o usuário a sair.

  6. Deixe o usuário em um local seguro.

Cuidados com o cão guia: O Cão Guia não é um animal de estimação e sim um animal que está trabalhando.

  • Eles são treinados e muito educados: Tem horário para comer e ir ao banheiro.

  • Os cães sempre viajam perto dos pés dos usuários. Não tente sentá-los no banco do carro.

  • Não distraia o cão Guia: Não brinque, faça carinho ou tente pegá-lo pela coleira.

  • Deixe que ele faça o seu trabalho

Trate a todos os usuários com respeito e cordialidade.